Escova progressiva x lifting capilar: diferenças e recomendações

Escova progressiva x lifting capilar: diferenças e recomendações

Quem gosta de manter o cabelo liso e ter menos trabalho na hora de manuseá-lo, costuma enxergar na escova progressiva e no lifting capilar duas oportunidades de alcançar o efeito desejado. A progressiva já é feita há um bom tempo no Brasil e a maioria das mulheres conhece sua potência. Já o lifting é um alisador pouco conhecido, mas que cresce a cada dia nos salões de beleza. Agora você nos pergunta: qual é a diferença entre um alisamento e o outro? Tem algumas e vamos falar sobre as principais.

Escova progressiva

A escova progressiva é um alisamento que ajuda a diminuir o do volume e o frizz dos cabelos. Grande parte das escovas é feita com carbocisteína. Esse aminoácido tem o poder de abrir as estruturas do fio, permitindo que o alisamento seja realizado com a ação da chapinha. Cada vez que o método é feito, progressivamente, os fios apresentam melhores resultados.

Quem já fez progressiva já deve ter ouvido falar no formol (formaldeído ou poliformol). Essa substância era usada sem quase nenhum controle por salões espalhados pelo Brasil. No entanto, por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), ficou estabelecido que os produtos usados no procedimento devem ter, no máximo, 0,2% de formol na composição, devido aos riscos à saúde. Muitos profissionais preferem usar outras substâncias menos agressivas, como o tioglicolato de amônio e a etalonamina.

– Cuidados

É importante manter os cabelos bem cuidados após a progressiva, com o uso de produtos específicos para madeixas alisadas. Os componentes desses produtos ajudam a prolongar o efeito do alisamento e hidrata os fios, evitando a porosidade e aspecto ressecado causado pela química. Hidratação, nutrição e reconstrução capilar devem entrar em sua rotina de tratamento pós-progressiva, mas fuja de xampus de limpeza profunda ou anti-resíduos.

– Duração

No geral, a escova progressiva dura de três a cinco meses, mas pode variar. A duração depende do uso dos produtos capilares adequados e das lavagens. Se lavar os fios todos os dias, as madeixas voltarão ao normal mais rapidamente, fora o aumento da oleosidade e ressecamentos dos fios. Então, procure intercalar as lavagens. Lembre-se também de que a raiz cresce de 1 a 1,5cm por mês.

Lifting capilar

Assim como a progressiva, o lifting capilar alisa os fios progressivamente. No entanto, com sua tecnologia nano reparadora, o procedimento é mais potente quando o assunto é tratar os cabelos e penetra diretamente nas fissuras do córtex capilar, além de rejuvenescer as madeixas.

 

Feito à base de glyprotein, ativo com ácidos e 11 aminoácidos essenciais à saúde dos fios. Uma de suas funções é evitar que a água das madeixas seja usada durante o selamento capilar, impedindo o ressecamento e deixando o cabelo mais liso.

– Benefícios

O procedimento alisa, reduz o volume, confere brilho e maleabilidade aos cabelos, sem alterar a composição dos fios. Geralmente, os alisamentos deixam os cabelos quebradiços, finos, porosos e sem vida. Com o lifting é diferente. Além disso, dispensa o uso de chapinha e pode ser prolongado com o uso de secador após as lavagens.

– Indicação

É indicado para fios quimicamente tratados, pois repõe parte da massa capilar perdida com o tempo e pelo uso de química e de secador/chapinha.

– Duração

A duração do lifting pode variar, mas é comum aguentar até 40 lavagens.

Qual é a diferença entre escova progressiva e lifting capilar?

Além de ser um alisamento potente, o lifting funciona como um tratamento capilar, pois os cabelos não perdem água ou massa proteica durante o procedimento, ou seja, não ficam ressecados, finos ou quebradiços, como acontece com a progressiva. Também ajuda a tratar os danos sofridos pelo uso de chapinha e outras químicas.

Apesar da menor quantidade de formol estabelecida pela ANVISA, a progressiva ainda pode conter até 0,2 de formol na composição do produto. Diferente do lifting, que passa longe dessa substância.

Tendência

Existe uma tendência forte de assumir os cachos e as ondas dos cabelos, mas o liso ainda é uma das preferências da brasileira. Se você é adepta, que tal mudar o visual e apostar em cortes que valorizem o movimento? Também é possível garantir esse efeito com a ajuda da prancha modeladora ou babyliss.

Produtos recomendados

  • Moisture Recovery (xampu e máscara de tratamento) | Joico
  • SH-RD Protein Cream (leave-in) | N.P.P.E Hair Care

CTA-revista-loft-1edição

Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

ENTRE EM CONTATO

Envie sua mensagem.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account